13 de dezembro de 2011

Meu Rei

MEU REI!

Vi no blog A Cruz é nossa e gostei!
MEU REI!

Ele é o Rei da Justiça.
Ele é o Rei dos séculos.
Ele é o Rei dos Céus.
Ele é o Rei da Glória.
Ele é o Rei dos reis e Ele é o Senhor dos senhores.
Esse é o meu rei.
Bem, eu lhe pergunto se você  o conhece.
Davi disse: "Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento
revela a sua obra. "
Meu Rei é um Rei soberano - nenhum meio de medida pode definir seu amor sem limites.
Nenhum telescópio previdente pode trazer à visibilidade o litoral da Sua fonte de praias.
Nenhuma barreira pode impedi-lo de derramar suas bênçãos.
Ele é sempre forte.
Ele é totalmente sincero.
Ele é eternamente firme.
Ele é imortalmente gracioso.
Ele é imperialmente poderoso.
Ele é imparcialmente misericordioso.
Você o conhece?
Ele é o maior fenômeno que já cruzou o horizonte deste mundo.
Ele é o Filho de Deus.
Ele é salvador do pecador.
Ele é a peça central da civilização.
Ele fica na solidão de si mesmo.
Ele é único.
Ele é incomparável, Ele é sem precedentes.
Ele é a sublime ideia na literatura.
Ele é a mais alta personalidade na filosofia.
Ele é o problema supremo na alta crítica.
Ele é a doutrina fundamental da teologia verdadeira.
Ele é o núcleo e a necessidade da religião espiritual.
Ele é o milagre do século, ele é ... Ele é sim.
Ele é o superlativo de tudo bom que você escolhe para chamar
Dele.
Ele é o único qualificado para ser um todo suficiente Salvador.
Eu lhe pergunto se você conhece ele hoje?
Ele supre força para ao fraco.
Ele está disponível ao tentado e provado.
Ele simpatiza e salva.
Ele fortalece e sustenta.
Ele guarda e Ele orienta.
Ele cura os enfermos.
Ele limpou os leprosos.
Ele perdoa os pecadores.
Ele descarrega os devedores.
Ele entrega o cativeiro.
Ele defende os fracos.
Ele abençoa os jovens.
Ele serve o infeliz.
Ele se refere à idade.
Ele recompensa os diligentes.
E Ele embeleza os mansos.
Eu me pergunto se você conhece? Bem, o meu Rei - É a chave, Ele é a chave do conhecimento.
Ele é a fonte da sabedoria.
Ele é a porta da libertação.
Ele é o caminho da paz.
Ele é a estrada da justiça.
Ele é o caminho da santidade.
Ele é o portão da glória.
Você o conhece?
Bem, o seu escritório são variados.
Sua promessa é certa.
Sua vida é incomparável.
Sua bondade é infinita.
Sua misericórdia é eterna.
Seu amor nunca muda.
Sua Palavra é suficiente.
Sua graça é suficiente.
Seu reinado é justo e
Seu jugo é suave e
Seu fardo é leve.
Eu gostaria de poder descrevê-lo para você.
Mas Ele é indescritível , glórias, aleluia!
Ele é indescritível - Ele é sim! Ele é Deus.
Ele é, Ele é indescritível, sim, Ele é indescritível.
Ele é incompreensível.
Ele é invencível.
Ele é irresistível.
Bem, você não pode tirá-lo da sua mente,
Você não pode viver mais do que Ele, e você não pode viver sem ele.
Bem, os fariseus não podiam ficar com ele, mas descobriram que eles
não podiam detê-lo.
Pilatos não conseguiu encontrar nenhum defeito nele.
As testemunhas não conseguiram fazer que seus testemunhos concordassem.
Herodes não pôde matá-lo.
A morte não pôde lidar com Ele e
o túmulo não pôde detê-lo. Aleluia!
Jesus Cristo(Esse é o meu Rei!)
E Teu é o Reino o poder e a glória para sempre
e sempre e sempre.
Quanto tempo é esse?
E sempre e sempre.
E quando você passar por todos os sempre, em seguida,
Amém!
BOM DEUS TODO-PODEROSO! AMEM! AMEM!

18 de agosto de 2011

31 de julho de 2011

Redução do salário dos políticos

Apoie a redução do salário dos políticos Brasileiros Hi Marcos,

Thank you for joining the cause Apoie a redução do salário dos políticos Brasileiros!
Bem-vindo a nossa causa! Estamos contentes em saber que mais um cidadão Brasileiro se interessa pelo futuro de seu país. Esperamos que você se envolva na causa e espalhe essa consciência, convidando seus amigos para participar também. Agradeço-lhe desde já.

We are very excited to have you as a part of our community. Right now, we need your help to reach our goal of 50,000 members so the most important thing you can do to help our cause is to invite your friends to join too.

Help us reach our goal of 50,000 members today:

Welcome_send_invitations
Thanks for all you do,
Causes
To stop receiving emails from Causes, unsubscribe.

28 de junho de 2011

Deixo o PV mas não abandono minha fé

Marina pede para sair do PV - Deixo o PV mas não abandono minha fé, explica

1
Segunda, 27 de Junho  |  94 visualizações
Categoria: Brasil
Marina pede para sair do PV - Deixo o PV mas não abandono minha fé, explica
Marina Silva, a mulher de saúde frágil que aprendeu a ler aos 16 anos e quase virou freira, sonha em ser presidente do Brasil. Acriana do vilarejo de Breu Velho, pobre e filha de seringueiros, Marina entrou na política em 1985, aos 27 anos, por influência do ambientalista Chico Mendes, com quem fundou o PT no Estado. A militância em favor dos seringueiros a levou rapidamente à Câmara de Vereadores de Rio Branco e, em seguida, à Assembleia do Acre. Em 1994, aos 36 anos, tornou-se a senadora mais jovem da história do país. Sempre com a causa verde na ponta de sua afiada retórica, em 2003 Marina virou ministra do Meio Ambiente do governo Lula – e começou a cobiçar a Presidência da República. No PT, porém, suas chances de disputar o cargo seriam nulas.

Em nome da utopia, Marina fez uma escolha pragmática. Convidada a ser candidata à Presidência, aceitou filiar-se ao Partido Verde, o PV, uma pequena legenda identificada não apenas com a agenda ambientalista – mas também com propostas liberais, como a legalização da maconha e do aborto. Marina, que se convertera à religião evangélica em 1997, ignorou as latentes tensões entre suas convicções religiosas e as posições liberais da plataforma verde. Apesar do bom desempenho na campanha presidencial do ano passado, não deu certo. Dois anos e 19,5 milhões de votos depois, Marina decidiu: deixará o PV. O anúncio ocorrerá nesta semana.

A união entre Marina e o PV começou com promessas e terminou em desilusões. Desilusões produzidas, sobretudo, ao sabor das inevitáveis divergências de uma campanha eleitoral. Marina e o PV, especialmente por meio de seu presidente, José Luiz Penna, discordaram em quase tudo nas eleições. Aos poucos, sua campanha separou-se da estrutura do partido. Os problemas começaram na arrecadação de dinheiro. O vice da chapa, o empresário e fundador da Natura, Guilherme Leal, centralizou os trabalhos de coleta de recursos. Os tradicionais arrecadadores do PV se incomodaram com a resistência de Leal aos métodos tradicionais – e heterodoxos – de financiamento de campanhas no Brasil, do qual o partido nunca foi exceção. Um dos dirigentes do PV conta como anedota o dia em que Marina mandou devolver uma mala de dinheiro “não contabilizado”, em linguajar delubiano, ao empresário paulista que o havia enviado.

O segundo ponto de atrito entre Marina e o PV deu-se em razão da entrada de líderes evangélicos na organização política da campanha. Pastores da Assembleia de Deus, igreja de Marina, influenciavam decisivamente na elaboração da agenda da candidata. A força deles no comando da campanha não casava com o perfil histórico do PV. Se em sua plataforma e em seu discurso o PV era favorável à legalização da maconha, do aborto e do casamento gay, era uma clara incoerência que sua candidata à Presidência se colocasse contra essas posições. O PV temia perder o eleitorado urbano, moderno, descolado. As lideranças evangélicas argumentavam que isso não seria um problema e prometiam trazer 40 milhões de votos para a candidata, caso a campanha se voltasse aos eleitores evangélicos.
Marina quer criar um partido para concorrer novamente à Presidência nas eleições de 2014
Era tão difícil conciliar a dualidade entre os evangélicos de Marina e os liberais do PV que, até o meio da campanha, Marina cumpria duas agendas: uma política, com as tradicionais visitas a prefeitos e comícios, e outra religiosa, que incluía reuniões em igrejas com pastores. Marina sofria pressão dos evangélicos para que não visitasse terreiros de umbanda e candomblé. Na pré-campanha, ela aquiesceu. Em seguida, porém, a candidata foi convencida a gastar menos tempo com os eventos religiosos – e mais em busca de votos.

Ao longo da campanha, Marina não abdicou dos jejuns religiosos que costuma fazer pelo menos uma vez por mês. Alguns próceres do PV consideram os jejuns uma irresponsabilidade de Marina, em função de sua instável saúde – ainda jovem, ela foi contaminada por metais pesados e acometida por graves doenças, como malária e hepatite. Em entrevista a ÉPOCA, há um mês, ela se irritou diante de uma pergunta sobre esse tipo de crítica. “A minha vida espiritual é assim desde que me entendo por gente. Se um critério para ser do PV é abandonar minha vida espiritual, então já sei pelo que vou optar. Vivo a minha fé e visitar igrejas faz parte da minha fé. Sou missionária da Assembleia de Deus”, disse Marina.

O terceiro motivo para o desgaste entre Marina e o PV foi político. Apesar de ter rompido com o PT, Marina mantém uma relação ambígua com o ex-presidente Lula. Suas recusas em criticar Lula publicamente durante a campanha provocaram estremecimentos entre a candidata e Guilherme Leal. Leal é simpático ao PSDB e doou dinheiro para a campanha do tucano Geraldo Alckmin à Presidência, em 2006. Por outro lado, Marina contrariou aliados ex-petistas quando decidiu não usar uma campanha em vídeo preparado por seu marqueteiro cujo slogan era “Marina, a verdadeira sucessora de Lula”. “A campanha era maravilhosa, impactante, contava a trajetória de vida dos dois, a proximidade deles”, diz um aliado. Marina mantém sua decisão: “Acho pretensioso, poderia parecer pretensioso (o vídeo). Eu tenho muita consciência do meu tamanho”.

O resultado da eleição confirmou que Marina é, ao menos em votos, a maior terceira via que o país já teve desde a redemocratização. Confirmou, também, que não havia lugar para Marina no PV – e no PV para Marina. “Não houve nenhuma sinalização do PV de que os compromissos com ela serão cumpridos, então não há condições de que ela permaneça filiada”, afirma João Paulo Capobianco, coordenador da campanha de Marina. Ele a acompanhará na desfiliação nesta semana, ao lado de outras lideranças do PV. A saída do partido não significa que Marina desistiu do sonho de ser presidente. Ela pretende criar um partido para se candidatar novamente, em 2014.


Fonte: Época

6 de maio de 2011

OS DEZ INIMIGOS PÚBLICOS DOS GAYS NO BRASIL PARA 2011 E O RECONHECIMENTO DO STF DA UNIÃO HOMOAFETIVA

IMAGEM: Site do STF
"Pelo segundo ano, a revista Lado A apresenta a lista “Os 10 inimigos públicos dos gays no Brasil”. Selecionamos, por meio de uma indicação feita por 10 militantes gays convidados, e publicamos por ordem de importância, as 10 pessoas que mais se destacaram na mídia por destratar homossexuais e por barrar ações que elevem a igualdade de direitos da comunidade gay, ou ainda, que agiram com homofobia em suas palavras ou ações. Essas 10 pessoas são responsáveis por disseminar o preconceito, a ignorância, e colaborar para que a violência e discriminação contra a comunidade homossexual se perpetue no país.
Apenas três nomes na lista deste ano estiveram em nossa listagem do ano passado. São eles, o senador Magno Malta (que em 2010 liderou a lista mas desta vez aparece em 5º lugar), o pastor Silas Malafaia (que se manteve como o 2º maior inimigo dos homossexuais no país) e o blogueiro Julio Severo (que saiu da 5ª para a 10ª posição)."

Leia em Revista Lado A

Os militantes evangélicos (e não-evangélicos), podem e devem continuar falando e se mobilizando contra o avanço dos "direitos" dos homossexuais. Não estou falando aqui de qualquer direito, mas daqueles direitos que atingem o direito e a liberdade dos outros, inclusive, liberdade de expressão e de fé.

O fato é que o movimento gay ganhará força e alcançará patamares jamais conquistados antes em nossa nação. A decisão do STF tomada hoje, que reconhece a união estável para casais homossexuais, é um grande passo nesta direção.

O que fazer? Além das mobilizações, acima de tudo, cumpre-nos orar, pregar e viver o Evangelho de Jesus.

É preciso também ter cuidado para não incorrer no risco da militância pela militância, em se deixar levar pelos interesses políticos e pessoais de alguns aproveitadores, em promover uma mera guerrilha religiosa e em estabelecer uma santa inquisição gospel.

No artigo sobre a decisão do STF, a revista Lado A diz: "Gay agora é família e podem contar com a proteção do Estado. Não estamos mais sós. A dignidade e cidadania dos homossexuais brasileiros foram reafirmadas hoje. "

Como escrevi em meu twitter, em se tratando de opção sexual:

O ser humano é livre para fazer as suas escolhas. Deus é livre e soberano para aceitá-las ou não (Romanos 1.26-32).


Fonte: Blog do Pr. Altair Germano

25 de abril de 2011

10 Anos pregando a palavra de Deus


O MEDIDOR DE AMOR (por irmão Leonardo)


 
O MEDIDOR DE AMOR

          Você já mediu seu amor pelo Senhor Jesus?  
          Ao contrário do que se pensa, Deus faz tudo por medida. Eis algumas passagens que confirmam isso:

1 - Deus mede o pecado daqueles que cometem impiedade

·       “E a quarta geração tornará para cá; porque a medida da injustiça dos amorreus não está ainda cheia.” (Gênesis 15:16);
·       “Ó tu, que habitas sobre muitas águas, rica de tesouros, é chegado o teu fim, a medida da tua avareza.” (Jeremias 51.13);
·       “Esta é a interpretação daquilo: MENE: Contou Deus o teu reino, e o acabou. TEQUEL: Pesado foste na balança, e foste achado em falta.” (Daniel 5:26);
·       Enchei vós, pois, a medida de vossos pais.” (Mateus 23.32);
·       “E nos impedem de pregar aos gentios as palavras da salvação, a fim de encherem sempre a medida de seus pecados; mas a ira de Deus caiu sobre eles até ao fim.” (I Tessalonicenses 2.16);
·       “Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela.” (Apocalipse 18:5).

2 - O mundo foi criado por Deus em justa medida 

·       “Quando deu peso ao vento, e tomou a medida das águas (Jó 28.25);
·       “Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel?” (Jó 38.4,5);
·       “Ou quem encerrou o mar com portas, quando este rompeu e saiu da madre; quando eu pus as nuvens por sua vestidura, e a escuridão por faixa? Quando eu lhe tracei limites, e lhe pus portas e ferrolhos, e disse: Até aqui virás, e não mais adiante, e aqui se parará o orgulho das tuas ondas?” (Jó 38.8-11);
·       “Quem mediu na concha da sua mão as águas, e tomou a medida dos céus aos palmos, e recolheu numa medida o pó da terra e pesou os montes com peso e os outeiros em balanças?” (Isaías 40.12);
·       “Também a minha mão fundou a terra, e a minha destra mediu os céus a palmos; eu os chamarei, e aparecerão juntos.” (Isaías 48.13).

3 - O juízo (a correção) de Deus também é sob medida

·       Quarenta açoites lhe fará dar, não mais; para que, porventura, se lhe fizer dar mais açoites do que estes, teu irmão não fique envilecido aos teus olhos.” (Deuteronômio 25.3);
·       “Com medida contendeste com ela, quando a rejeitaste, quando a tirou com o seu vento forte, no tempo do vento leste.” (Isaías 27.8);
·        “Esta será a tua sorte, a porção que te será medida por mim, diz o SENHOR; pois te esqueceste de mim, e confiaste em mentiras.” (Jeremias 13.25);
·       “Porque eu sou contigo, diz o SENHOR, para te salvar; porquanto darei fim a todas as nações entre as quais te espalhei; a ti, porém, não darei fim, mas castigar-te-ei com medida, e de todo não te terei por inocente.” (Jeremias 30.11);

4 - A nossa fé e o dom de Cristo são medidos na nossa vida 

·       “Esta é a palavra que o SENHOR tem mandado: Colhei dele cada um conforme ao que pode comer, um ômer por cabeça, segundo o número das vossas almas; cada um tomará para os que se acharem na sua tenda. E os filhos de Israel fizeram assim; e colheram, uns mais e outros menos. Porém, medindo-o com o ômer, não sobejava ao que colhera muito, nem faltava ao que colhera pouco; cada um colheu tanto quanto podia comer. E disse-lhes Moisés: Ninguém deixe dele para amanhã. Eles, porém, não deram ouvidos a Moisés, antes alguns deles deixaram dele para o dia seguinte; e criou bichos, e cheirava mal; por isso indignou-se Moisés contra eles. Eles, pois, o colhiam cada manhã, cada um conforme ao que podia comer; porque, aquecendo o sol, derretia-se.” (Êxodo 16:16-21);
·       “Não os lançarei fora de diante de ti num só ano, para que a terra não se torne em deserto, e as feras do campo não se multipliquem contra ti. Pouco a pouco os lançarei de diante de ti, até que sejas multiplicado, e possuas a terra por herança.” (Êxodo 23:29-30);
·       “Porque isto é também como um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens. E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe.” (Mateus 25:14,15)Somos abençoados na medida em que realmente precisamos da bênçãos e somos capazes de digeri-la com o amor de Jesus, de modo a multiplicar os frutos da nossa justiça, os quais são dignos de louvor e arrependimento (Lc 3.8; 2Co 9.10; Hb 13.15);
·       “Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.” (Romanos 12.3);
·       “De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé (Romanos 12.6) ;
·       “Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.” (Efésios 4.7).
           

5 - Deus conta nossas lágrimas

·       “Tu contas as minhas vagueações; põe as minhas lágrimas no teu odre. Não estão elas no teu livro?” (Salmos 56:8).

Assim sendo, quando estiveres atravessando uma prova ou luta, chore na presença de Deus. Nenhuma de tuas lágrimas será perdida. Além disso, uma vez que só Deus é eterno (1Tm 6.16), logo tudo que foi criado é passageiro, incluindo aquilo que anda te perturbando e angustiando.
           

6 - Os cabelos da nossa cabeça e nossa estatura foram medidos Deus 

·       “E até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais, pois; mais valeis vós do que muitos passarinhos.” (Lucas 12.7);
·       “E qual de vós, sendo solícito, pode acrescentar um côvado à sua estatura?” (Lucas 12:25).

Se você é meio ou totalmente careca, não lamente! Se for baixinho, dê glória a Deus! Até isso foi projetado por Deus com carinho para que em você Deus possa mostrar uma das muitas formas de beleza da Sua graça (1Pe 4.10) e sabedoria (Ef 3.10).

7 - Até os dias da nossa vida estão escritos no livro de Deus

·       “E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.” (Lucas 12:15);
·        “Faze-me conhecer, SENHOR, o meu fim, e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil.” (Salmos 39.4);
·       “Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia.” (Salmos 139:16).

Apenas a bênção de Deus (Lc 6.38; 1Co 2.9; 2Co 9.8,11; Ef 3.19,20) e o dom do Espírito Santo são sem medida (Jo 3.34).

8 - Logo, o que nos faz pensar que Ele também não meça nosso amor para com Ele?


·        “Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.” (Mateus 7.2); 
·        “E disse-lhes: Atendei ao que ides ouvir. Com a medida com que medirdes vos medirão a vós, e ser-vos-á ainda acrescentada a vós que ouvis.” (Marcos 4.24); 
·        “Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.” (Lucas 6.38). 

Além disso, preste atenção nestas passagens:

·       “Mas ao SENHOR vosso Deus vos apegareis, como fizestes até o dia de hoje” (Josué 23:8);
·       “Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.” (Salmos 91:14);
·       “Por isso te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama.” (Lucas 7:47);
·       “Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.” (João 15:13);
·       “Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou” (Efésios 2.4);
·        “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16) – Note como Deus não amou o mundo de qualquer maneira, mas de “tal” maneira. 
·        “Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo” (Efésios 4.13) – Observe que o crescimento espiritual não é como se dá com a árvore (cujos ramos vai se estendendo cada um para um lado diferente, sem uniformidade). Já pensou se o braço direito crescesse mais que o esquerdo ou se sua cabeça fosse muito pequena em relação ao restante do corpo? (medite em Efésios 4:15,16 e Colossenses 2.19 – é para crescer EM TUDO o aumento de Deus, e não nosso) 


Como se pode ver, o amor pode ser muito ou pouco. Mas, uma vez que Deus é amor (1Jo 4.8,16), como pode ser isto? Ainda mais considerando que em Deus não há limite (2Co 3.17). Só você pode limitar a bênção de Deus na tua vida (ver Sl 78.41).
Porém, a fé, ou seja, a capacidade para confiar em Jesus é dada por medida, conforme a disposição de cada um em ouvir a Palavra de Deus (Mt 13.15; Rm 10.16; Zc 7.11,12). Por isto uns frutificam mais que outros (Mt 13.23). Até nossa visão depende da audição (Mc 4.24; Lc 8.18), pois sem a sabedoria de Deus, não saberemos o que ver, tampouco veremos com bons olhos (como ordena Mt 6.22,23).
Resultado: a pessoa dará menos espaço para que Deus manifeste Sua glória, repleta de amor e verdade, em cada circunstância que vem a ele no dia de hoje, o qual é, para ele, o presente de Deus (Sl 118.24 – daí o dia de hoje chamar presente).
Em (Efésios 3:18), note que o edifício de Deus tem largura, comprimento, altura e profundidade. Ora, que edifício é este que até o anjo tem prazer em medir (Ap 11.1)? Vale lembrar que Deus não habita em templos feitos por mão de homens (At 17.24). Logo, trata-se de uma mensagem revelando que Deus mede nossa capacidade de amar (mesmo porque observe os versículos anterior e posterior (Ef 3.17,19) enfatizando o amor.
Veja a parábola das minas. Quem mais amou (negociou suas minas), mais autoridade sobre as cidades teve (Lucas 19:16-19).
         

9 - Mas afinal, como medir nosso amor por Jesus?

Responda para si mesmo:
a)    Quanto tempo tenho dedicado para ouvir a voz do meu Amor (lembre-se que Jesus é o nosso noivo)? Será que não andei esquecendo Jesus no templo como Maria (Lucas 2:43)? A presença do Filho de Deus no seu ventre, que antes a fez transbordar de alegria a ponto de “compor” um hino a Deus, agora se tornara algo comum. Jesus já não era mais tão especial, mas um menino comum que eles tiveram a capacidade de deixar para trás. Quantas vezes estamos como Sansão que nem sentiu a diferença quando o Espírito de Deus se retirou dele (Juízes 16:20);
b)    Qual tem sido minha disposição para orar? (Oração não é, antes de tudo, um diálogo, um momento de intimidade com Aquele que nos ama?). A oração tem sido para mim algo enfadonho ou um privilégio? Fico ansioso para ficar a sós com meu Noivo, ou me esqueço Dele por horas, ficando às vezes até dias sem orar?
c)     E, finalmente, quando oro, o faço porque espero ver meus desejos atendidos, ou porque espero conhecer Sua vontade e ser convencido através dela a ser a vontade de Deus na vida de cada um? Lembre-se que Jesus é o bom pastor (Jo 10.11). que dá Sua vida pelas ovelhas.
d)    Jejuo porque estou entristecido (Mt 9.15) pelos pecados meus (Tg 4.8,9) e dos outros (Jl 2.12,13,17; Dn 10.2,3) ou para, supostamente, adquirir força espiritual e, com isso, poder para debater, contender e ferir com punho iníquo (Is 58.4) até que as pessoas pensem ou façam com precisão aquilo que nos encherá de contentamento (Is 58.3)?
e)    Amo Jesus como a noiva “apaixonada” que não consegue tirá-lO da cabeça, que não consegue pensar noutra coisa senão na beleza dO Noivo? Estou como a mulher de cantares que desfalece por estar longe do Noivo (cânticos 5:8), que não sabe falar de outra coisa senão da formosura e perfeição Dele? (compare cânticos 5:9-16 com 1Pedro 3:15)? Ou prefiro falar de futebol, moda, fofocas e outras coisas fúteis e até maliciosas, tendo inclusive vergonha de falar que sou do meu Amado? (Lucas 7:23).
Jesus é o caminho (Jo 14.6) no qual devemos, 24 horas, viver e andar (Gl 5.16,25). Nosso amor por Ele é que fará de nós pessoas livres do pecado. Daí Ele ser o pão da vida (Jo 6.35): aquele que sacia por completo nossa alma a ponto de sermos capazes de pisar qualquer favo de mel que o diabo pense em nos oferecer (Pv 27.7).
f)      E quanto à minha disposição de conhecê-lO mais íntima e profundamente? Tenho prazer em meditar na bíblia dia e noite (Salmo 1:12,2), ou ela chega a ficar toda empoeirada com teias na estante? Levo ela comigo onde vou, sendo capaz de voltar para busca-la quando a esqueço (como faço com meu celular), ou tenho preguiça de carrega-la até mesmo ao ir à igreja?
g)    Quando leio a bíblia, qual a minha motivação? Achar “dispositivos legais” que me permita obter o que a minha alma corrompida cobiça e ainda conservar minha consciência tranquila ou porque queremos ver os desejos do coração de Deus sendo satisfeitos em nós e por meio de nós? (Isto sem contar as pessoas que usam a palavra de Deus contra o próprio Deus para “reclamar” e exigir “seus direitos” (como se tivéssemos algum) com base nas promessas da bíblia).
h)    Leio a bíblia porque quero elaborar um sermão teologicamente perfeito, conciso e eloquente para satisfazer a mente intelectual dos ouvintes (1Co 1.22) ou porque espero que Deus comunique comigo exatamente o que a Igreja precisa ouvir? Lembre-se que Jesus é a luz do mundo (Jo 8.12). Logo, quem ama quer vê-lO se manifestar diante de todos a cada momento (Mt 5.14-16). Jesus também é a verdade (Jo 14.6) que liberta (Jo 8.32) e impede que sejamos presos (Is 5.13) e destruídos (Os 4.6).
i)       Até que ponto estamos dispostos a levar nosso Noivado com Jesus a sério? Estamos como muitas noivas “apaixonadas” que são capazes até de se sacrificarem por causa do Noivo (veja Romanos 12:1; Hebreus 13:15; Oséias 14:2), ou Jesus é simplesmente mais um dos nossos amores?
j)       O que pode me separar do amor de Jesus (Romanos 8:35-39)? Ao menor incômodo eu lanço Sua Palavra para trás de mim (Sl 50.17) ignorando que Ele existe na minha vida em cada momento nosso (ver Hb 11.6), ou permaneço descansando e esperando no Seu amor (Sl 37.7; Jo 15.9) até que Ele venha e chova justiça sobre nós (Os 10.12; Is 62.6,7; 26.20,21)?
k)     Quanto vale a minha alma? O que darei em troca pela minha alma? Tenho vendido meu caráter e integridade a troco de quê? Ou tenho valorizada a glória de Deus na minha vida (ver Is 52.11; 2Co 6.14-18) a ponto de fugir de toda a aparência do mal (1Ts 5.22) por saber que o pecado me separa do Único que me ama de verdade (Is 59.1,2)?
l)       Quanto vale Jesus Cristo para mim? Se Jesus me perguntasse: “mas você, quem diz que Eu sou?” (Mt 16.15), o que eu responderia?
m)  Qual o valor de uma alma para mim? Tenho sabido valorizar as dracmas que Deus tem colocado na minha vida ou venho ignorando as nove (as quais jazem esquecidas em algum canto da minha vida) e sem qualquer interesse em procurar pela que se perdeu (Lc 15.8)? Minhas entranhas chegam a se comover pelas pessoas (como se pode ver nestes exemplos) ou me mantenho indiferente aos sofrimentos e vergonha delas (ver Sl 15.3)?
·        “Pelas entranhas da misericórdia do nosso Deus, Com que o oriente do alto nos visitou” (Lucas 1.78); 
·        “Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade” (Colossenses 3.12); 
·        “Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus?” (I João 3.17); 
·        “E o seu entranhável afeto para convosco é mais abundante, lembrando-se da obediência de vós todos, e de como o recebestes com temor e tremor.” (II Coríntios 7.15); 
·        “Porque Deus me é testemunha das saudades que de todos vós tenho, em entranhável afeição de Jesus Cristo.” (Filipenses 1.8); 
·        “E, finalmente, sede todos de um mesmo sentimento, compassivos, amando os irmãos, entranhavelmente misericordiosos e afáveis.” (I Pedro 3.8); 
·        “Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões” (Filipenses 2.1). 
Os irmãos estão sempre na minha mente ou chego a me esquecer dos parentes e mal tenho contato com meu cônjuge e filhos? Note como Paulo, incessantemente, sofria em seu espírito em virtude da situação espiritual de seus irmãos na fé (2Co 11.28,29), por ver os gentios longe da verdade (1Co 9.20-22) e até mesmo por ver seus compatriotas presos à sua própria justiça (Rm 9.1-3; 10.1-3).
·        Não cesso de dar graças a Deus por vós, lembrando-me de vós nas minhas orações” (Efésios 1.16); 
·        “Porque Deus, a quem sirvo em meu espírito, no evangelho de seu Filho, me é testemunha de como incessantemente faço menção de vós, pedindo sempre em minhas orações que nalgum tempo, pela vontade de Deus, se me ofereça boa ocasião de ir ter convosco.” (Romanos 1:9,10); 
·        Sempre dou graças ao meu Deus por vós pela graça de Deus que vos foi dada em Jesus Cristo.” (I Coríntios 1:4); 
·        “Além das coisas exteriores, me oprime cada dia o cuidado de todas as igrejas. Quem enfraquece, que eu também não enfraqueça? Quem se escandaliza, que eu me não abrase?” (II Coríntios 11:28,29); 
·        “Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual” (Colossenses 1:9); 
·        Sempre damos graças a Deus por vós todos, fazendo menção de vós em nossas orações, lembrando-nos sem cessar da obra da vossa fé, do trabalho do amor, e da paciência da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, diante de nosso Deus e Pai,”  (I Tessalonicenses 1.2,3); 
·        “Saúda-vos Epafras, que é dos vossos, servo de Cristo, combatendo sempre por vós em orações, para que vos conserveis firmes, perfeitos e consumados em toda a vontade de Deus.” (Colossenses 4:4); 

Vale lembrar que amar Jesus se traduz em amar os irmãos (Mt 10.40-42; 25.34-46; 1Jo 4.20,21). Além disso, Jesus é a porta do aprisco (da vida das pessoas – ver Sl 24.7-10) pela qual temos que entrar (Jo 10.9).

10 - CONCLUSÃO


Detalhe: sejamos honestos conosco mesmos (Salmo 15.3) ao fazermos este questionário. Muitas vezes somos tão bons para mentir que acabamos convencendo a nós mesmos de que a mentira é verdade.
Se seu amor por Jesus fosse pesado agora você seria achado em falta? Será que, mesmo vestido (por pertencer a uma religião ou igreja), você ainda não está nu (2Coríntios 5:3) aos olhos de Deus? Adão, mesmo após estar vestido com folhas de figueira, sentiu no seu íntimo que suas “vestes”, embora pudessem esconder sua nudez da sua mulher, não era suficiente para se escondê-la de Deus. Resultado: ele saiu do lugar onde Deus o havia colocado (Gênesis 3:9,10).
É preciso ter cuidado para não se cometer o mesmo erro do fariseu: o de orar “de si para si mesmo” (Lc 18.11), ao invés de orar “de si para Deus”. Tal pessoa estava dirigindo sua oração a si própria e o pior: pensando que estava orando a Deus. Ela não estava interessada na glória de Deus em sua vida, mas apenas no progresso da sua vida espiritual, na eloquência da sua pregação, na eficácia do seu ministério, nas bênçãos que pretende alcançar, etc. Tudo voltado para que o seu ego seja engrandecido nas coisas de Deus, quando o correto é que diminuamos para que Cristo possa crescer em nós (Jo 3.30; 2Co 4.10,11). Afinal, uma vez que Jesus é a vida (o 11.25), logo não é a nossa vida neste mundo que devemos buscar (Mt 10.39; Jo 12.25), mas a Dele (Gl 2.20).
Além disso, Jesus também é a ressurreição (Jo 11.25), ou seja, aquele que faz florescer a vida onde está tudo morto (1Co 15.53,54; Rm 5.20; Jo 5.25). Logo não é para corrermos atrás de coisas materiais ou circunstâncias boas, mas sim deixar que o poder de Deus absorva todo o lixo e o transforme em alimento para crescimento dos galhos da videira verdadeira (Jo 15.1).

Que Jesus lhe abençoe.
Leonardo.

13 de março de 2011

Que vergonha!

O TESTEMUNHO "CRISTÃO" DOS ARTISTAS EVANGÉLICOS NO CARNAVAL


Foi-se o tempo em que os evangélicos usavam os feriados, como o do carnaval, para retiros espirituais e nós pentecostais para reuniões de avivamento e batismos no Espírito Santo. Os evangélicos ganharam as ruas de Salvador e em todo o Brasil. Todavia, pasmem os senhores, não foi para evangelizar, mas para pular e promover a festa carnal! Artistas do mundo gospel e celebridades evangélicas não vêem nada de mal em comemorar a festa que, segundo eles, já faz parte da cultura brasileira e a "igreja tem que se contextualizar", afirmam os crentes modernos. Esse não é o evangelho que recebi quando aceitei a fé. Eu pulava carnaval quando não tinha Jesus como Senhor e Salvador. Os moderninhos que me perdoem, mas isso é uma vergonha para a nação crente de nosso país. Recebi o texto abaixo por email e a fonte está no rodapé. Boa leitura.

EVANGÉLICOS NO CARNAVAL

Para quem acha que carnaval é época de retiros para evangélicos, está muito enganado. Na festa em Salvador foi fácil encontrar evangélicos não só curtindo, mas com blocos próprios e até, em certos momentos, comandando a festa conhecida como “da carne”.

O jogador Neymar não esconde mais suas preferências e subiu no trio elétrico do grupo Leva Noiz para cantar um famoso axé. O jogador, que afirma ser evangélico da Igreja Batista Peniel, se vestiu a carater e cantou toda a letra com o vocalista do grupo. Seus pais, que compartilham da mesma fé, estiveram junto a ele durante toda a folia.

Outra que se diz fiel a Deus é Claudia Leitte. Mais uma vez a cantora falou sobre Deus em seu trio-elétrico e agradeceu ao Pai, em seguida pediu proteção para os foliões: “Vocês estão felizes? Peço que Deus os proteja. Vamos respeitar o próximo neste Carnaval. E que todos sejam bem-vindos!”, afirmou.

Mas mais do que palavras, dois solitários evangélicos levaram placas e Bíblias para o circuito Barra-Ondina. Em um calor de mais de 30ºC na sombra, os missionários tentavam convencer os foliões a lerem a Bíblia. Empunhando placas, a dupla de evangélicos mandou o recado: “Só Jesus tem as palavras de vida eterna” e “Não se engane. De Deus não se zomba”.

Um desses é André Geni, missionário e motorista de 31 anos, que diferente do que a maioria pode pensar, não pregava pelo fim do carnaval, mas sim que Deus estivesse na festa: “Queremos que as pessoas esqueçam a violência, as drogas e se lembrem de Deus. Podem brincar o Carnaval, mas Ele deve estar presente”, afirma.

Xanddy, do Harmonia do Samba, é o destaque em bloco de homens vestidos de mulher
Outro que a anos afirma ser da religião evangélica, Xanddy é vocalista do Harmonia do Samba e esposo da também evangélica Carla Perez que já levou hinos evangélicos para cantar em seu trio elétrico de axé.

Xanddy liderou o tradicional bloco “As Muquiranas” onde os homens devem estar vestidos de mulher para participar, o vocalista logicamente também participou da brincadeira. O tema deste ano foi sobre gueixas, famosas e antigas profissionais japonesas da arte da sedução. Cerca de 4,5 mil homens participaram do bloco.

“Vocês estão lindas! Estão bonitas demais. Vocês arrasaram”, disse Xanddy para o público e completou: “Agora, quem quer dançar grita ui”. Para o folião Humberto Neri é maravilhoso participar do bloco: “Vale a pena o sofrimento porque é uma sensação incrível desfilar aqui. Como são só homens, todos brincam, mas se respeitam” e o amigo Editon Silva completou brincando: “Neste bloco, levamos a sério a arte de seduzir”.


Fonte: Gospel+


Maranata. Ora Vem Senhor Jesus!
Deus abençoe a todos.

Vitória!

Igrejas conseguiram suspender carnaval em cidade pernambucana Pastores receberam a chave da cidade de Lagoa Grande

Igrejas conseguiram suspender carnaval em cidade pernambucana
Atendendo reivindicação das igrejas evangélicas de Lagoa Grande, a prefeitura suspendeu o carnaval em beneficio do evento Peniel – Projeto de Evangelização das Igrejas Evangélicas - realizado de 5 a 9 deste mês com grande participação da comunidade local e regional. A proposta apresentou uma programação composta por várias atividades sociais. Lagoa Grande fica a 713 km do Recife e tem 22 mil habitantes.
Na abertura do evento, pastores receberam as chaves da cidade das mãos do secretário de Desenvolvimento Econômico, Esportes e Turismo do município, Vanelson Santana, que representou a prefeita Rose Garziera na solenidade. O Peniel 2011 durou os cinco dias do período de feriado. O evento religioso foi organizado por pastores da própria localidade e contou com a participação das igrejas evangélicas de todo o Estado.
Entre as atividades do projeto proporcionadas à comunidade de Lagoa Grande, vale destacar a distribuição de sopas e cestas básicas para famílias carentes, realização de torneio entre as escolas municipais, palestras educativas envolvendo temas relativos à prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis, a incêndios e acidentes domésticos entre outros assuntos relacionados às questões sociais.

O projeto contou com a participação do Corpo de bombeiros e do Exército Brasileiro. Durante todos os dias da programação, a cidade foi também animada por programações envolvendo cantores da música gospel vindos de diversas regiões do país. As atrações musicais foram realizadas em um grande palco montado na Praça Hermes Amorim (Praça dos Estudantes). A distribuição da sopa e das cestas básicas teve como ponto de apoio a Escola Santa Maria, localizada na mesma área das apresentações musicais. Já as atividades esportivas e palestras educativas foram realizadas no Ginásio de Esporte Parque da Uva e do Vinho.
 
Fonte: O Galileo

Bíblia online

Acesse http://umadpm.blogspot.com e... confira agora mesmo

;