14 de junho de 2010

Será que somos pobres?




Será que somos pobres?



Um dia, um pai de família rica, grande empresário, levou seu filho para viajar até um lugarejo com o firme propósito de mostrar o quanto as
pessoas podem ser pobres.

O objetivo era convencer o filho da necessidade de valorizar os bens materiais que possuía, o status, o prestígio social; o pai queria desde
cedo passar esses valores para seu herdeiro.

Eles ficaram um dia e uma noite numa pequena casa de taipa, de um morador da fazenda de seu primo...

Quando retornavam da viagem, o pai perguntou ao filho:

- E aí, filhão, como foi a viagem para você?

- Muito boa, papai.

- Você viu a diferença entre viver com riqueza e viver na pobreza?

- Sim pai! Retrucou o filho, pensativamente.

- E o que você aprendeu, com tudo o que viu naquele lugar tão paupérrimo?

O menino respondeu:

- É pai, eu vi que nós temos só um cachorro em casa, e eles têm quatro.

Nós temos uma piscina que alcança o meio do jardim, eles têm um riacho que não tem fim.

Nós temos uma varanda coberta e iluminada com lâmpadas fluorescentes e eles têm as estrelas e a lua no céu.

Nosso quintal vai até o portão de entrada e eles têm uma floresta inteirinha.

Nós temos alguns canários em uma gaiola eles têm todas as aves que a natureza pode oferecer-lhes, soltas!

O filho suspirou e continuou:

- E além do mais papai, observei que eles oram antes de qualquer refeição, enquanto que nós em casa, sentamos à mesa falando de negócios,
dólar, eventos sociais, daí comemos, empurramos o prato e pronto!

No quarto onde fui dormir com o Tonho, passei vergonha, pois não sabia sequer orar, enquanto que ele se ajoelhou e agradeceu a Deus por tudo,
inclusive a nossa visita na casa deles. Lá em casa, vamos para o quarto, deitamos, assistimos televisão e dormimos.

Outra coisa, papai, dormi na rede do Tonho, enquanto que ele dormiu no chão, pois não havia uma rede para cada um de nós.

Na nossa casa colocamos a Maristela, nossa empregada, para dormir naquele quarto onde guardamos entulhos, sem nenhum conforto, apesar de termos camas macias e cheirosas sobrando.

Conforme o garoto falava, seu pai ficava estupefado, sem graça e envergonhado.

O filho na sua sábia ingenuidade e no seu brilhante desabafo, levantou-se, abraçou o pai e ainda acrescentou:

- Obrigado papai, por me haver mostrado o quanto nós somos pobres!

MORAL DA HISTÓRIA:

Não é o que você tem, onde está ou o que faz, que irá determinar a sua felicidade; mas o que você pensa sobre isto! Tudo o que você tem, depende da maneira como você olha, da maneira como você valoriza. Se você tem amor e sobrevive nesta vida com dignidade, tem atitudes positivas e partilha com benevolência suas coisas, então... Você tem tudo!


Leandro Santana
"Quando à noite não consegue dormir, pare de contar ovelhas e converse com o pastor." Lorice Daccache.

16 de maio de 2010

Sacrifício

video

Sacrifício parecido fez o Deus dos céus, entregando seu próprio filho para morrer por nós.
João 3.16 "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."

5 de maio de 2010

"O Barbeiro e Deus

O homem foi a o barbeiro para cortar o cabelo, como ele sempre fazia. Começou a conversar com o barbeiro e falaram sobre vários assuntos.
Conversa vai, conversa vêm, eles começaram a falar sobre Deus. O barbeiro disse:
-Eu não acredito que exista como você diz.
-Por que você diz isto? O cliente perguntou.
-Bem, é muito simples. Você só precisa sair na rua para ver que Deus não existe. Se Deus existisse, você acha que existiriam tantas pessoas doentes e crianças abandonadas? Se Deus existisse não haveria dor ou sofrimento. Eu não consigo imaginar que Deus permita todas essas coisas.

O cliente pensou por um momento, mas ele não quis dar uma resposta para evitar uma discussão. O barbeiro terminou o trabalho e o cliente saiu. Neste momento, ele viu um homem na rua com barba e cabelos longos. Parecia que já fazia um bom tempo que ele não cortava o cabelo ou fazia uma barba.

Então o cliente voltou para a barbearia e disse ao barbeiro:
-Sabe de uma coisa os barbeiros não existem.
-Como assim, eles não existem? perguntou o barbeiro. Eu estou aqui e sou um barbeiro.
-Não! Exclamou o cliente. Eles não existem porque se existissem não existiriam pessoas com barba e cabelos longos, como aquele que esta andando ali na rua.
-Ah, mas barbeiros existem, o que acontece é que as pessoas não me procuram isso é uma opção delas.
-Exatamente! Afirmou o cliente. É justamente isso. Deus existe. O que acontece é que as pessoas não o procuram, pois isso é uma opção delas, e é por isso que há tanta dor e sofrimento no mundo.

Fiquem com Deus.

Chegai-vos a Deus, ele se chegará a vós (Tiago, 4:8).

7 de abril de 2010

ATENÇÃO: PREGADORES, MINISTROS DA PALAVRA E MESTRES DE ENSINOS RELIGIOSOS





ATENÇÃO: PREGADORES, MINISTROS DA PALAVRA E
MESTRES DE ENSINOS RELIGIOSOS


O tempo está próximo: referências bíblicas-
Mateus 25:41,42- 2Pedro2:4,9- 2Pedro 3.

A advertência é para aqueles que se dizem serem servos de Deus.

Em vários trechos da Palavra de Deus, há uma
advertência para aqueles que dizem ser fiéis e
dígnos de receberem a coroa de glória.

Chamo atenção dos pregadores, ministros da Palavra,
mestres de ensinos religiosos, para ficarem atentos.
Porque diz a Palavra que surgirão, ou melhor tem
surgido pessoas altamente capacitadas, eloqüentes e
que são falsos em nosso meio, pelo que vivem, e o que
fazem é que são reveladas, e muitos na igreja estão
cegos espiritualmente e não percebem que são as obras do malígno.

Há manifestação do diabo em nosso meio disfarçado de obreiros,
sendo jóio no meio do trigo. Pelas suas aparências nós
não percebemos. Mas pelas suas atitudes poderemos ver
se é verdadeiro ou falso.

O tempo vai passando, o dia vem chegando, não podemos ficar
de braços cruzados sem fazer nada! Não!!! Não podemos ficar
dormindo, enquanto o nosso adversário luta contra o tempo
usando suas armas para roubar, matar e destruir as almas.

Olha o que diz a Palavra, Mateus 25: 41,42.

Essa passagem se refere às almas, que precisam de alimentos,
e que muitos têm com fartura e deixam de pregar, porque é
cansativo e não leva nada para as almas doentes e fracas,
porque dão muito trabalho, e que às vezes, tem que serem
levadas (no seu luxuoso carro), para que possam conhecer Jesus.
Almas que precisam de libertação, que estão presas nos vícios,
bebidas, sexualidade, drogas etc. Precisam de cobertura e de oração.

O Senhor não retarda a sua promessa, Ele tem sido longânimo,
porque o desejo d’Ele é salvar a todos.

Para aqueles que esperam o Senhor, fiquem em santidade
aguardando sua vinda porque Ele cedo Vem. Creia nisso!!!

Vamos ouvir melhor a Palavra de Deus, confirmar naquilo que diz,
crer somente nela, porque a Palavra nos ensina, nos exorta,
nos corrige dos nossos erros, e muitos não dão ouvidos a Deus.

Querem as bênçãos, mas não querem trabalhar, não sejamos
enganados por ninguém, abriremos a Palavra sim, para confirmar,
testificar o que é certo e o que é errado. Não sejamos enganados,
enfraquecidos na fé, não vamos olhar as aparências, se é rico ou pobre,
se é formado em letras ou não, seja quem for, temos que vigiar
a todos os momentos e pautar na Palavra tudo o que diz,
referindo-se a Deus.

Como diz o ditado popular, nem tudo que reluz é ouro, o diabo
pode se transformar em anjo de luz para enganar.

Leiam e releiam a Palavra e o contexto da história, para ver
a concordância com a mensagem do pregador, ou autor.

Dêem suas opiniões e suas críticas, porque é através delas,
que poderemos crescer, e nos fortalecer.


Por: Irmã Lêda

Bíblia online

Acesse http://umadpm.blogspot.com e... confira agora mesmo

;